Sonho com tantas coisas simples e diversas vezes já me refugiei da realidade nesses "lugares" criados pela vontade e pela imaginação. É lá que apenas o Bom e o Belo existem e a miséria, o desrespeito, a ignorância, o preconceito e a maldade deixam de ter vez.
Levo também pra esse mundo as músicas, porque acredito que elas são uma forma de ligação com O Mundo Superior, seja ele como quer que você o imagine. Ah, as músicas das quais falo são as que tocam a alma, as que já existiam antes que alguém as "percebesse" e as tocasse; você reconhece essas músicas? elas te falam ao espírito e ao coração? se sim, então somos iguais; se não, bem, o mundo é feito de diferenças!!

domingo, 27 de maio de 2012

Um Sonho com Francisco Alves

        Vou compartilhar com vocês um presente recebido por meio de um sonho, aquele no sentido literal, que nos transporta pra outros "mundos", que nos leva de volta ao passado, nos envia para o futuro e nos abre as portas de comunicação com o Divino.
        Às vezes recebo de presente essa interação trazida com os "sonhos", que são um bálsamo na minha vida, e por causa deles percebo que a vida é um aprendizado e nada é perdido, tudo enriquece a nossa essência, embora não percebamos no momento, nos tornando melhores (ou piores), dependendo da sintonia a que nos predispomos.
        Sonhei com música, todos sabem o quanto amo música, mas era uma música diferente, pura e perfeita demais, acordei com a melodia ainda ecoando em minha mente; embora a linguagem na qual ela era cantada fosse desconhecida para mim no momento em que a ouvi entendi totalmente o que era dito, só não possuo palavras para traduzi-la... uma pena, sei que falava de coisas simples, verdadeiras, belas e acalentadoras. A "pessoa" que me levou e que estava ao meu lado nesse Templo de Música me disse que o cantor se chamava Francisco Alves, ele foi o 2º a cantar nesse lugar majestoso, onde o respeito, o silêncio e a admiração estavam presentes, mas de todos foi ele que mais me enlevou, foi com sua voz que meus olhos se encheram de lágrimas, foi com sua melodia que novamente tive certeza da importância da música em todas as esferas do universo.
         Aquela voz, aquela devoção, aquela entrega ao seu Dom me marcaram a tal ponto de conseguir, por alguns momentos depois de desperta, reproduzir mentalmente a melodia e querer saber se ele realmente existiu ou existe, se foi uma criação mental no momento de relaxamento do corpo, ou apenas mais um sonho criado e "explicado" pela psicanálise.
        Claro que fui pesquisar sobre ele, embora já tivesse certeza de que tudo havia sido real, mas mesmo assim me emocionei, me surpreendi e fiquei feliz em ver sua foto, saber um pouco de sua vida e de sua história. Não o conhecia, não conhecia sua voz, e o que mais me deixou feliz foi saber que aqui, nesse plano, ele era considerado "O Rei da Voz", mas tenham certeza, a sua voz agora está completamente livre de todas as amarras e obstáculos oferecidos pela matéria, flui livre e perfeita, cristalina como água.

      
         Não vou escrever aqui sobre sua vida física ou sua morte, não, aqui quero homenagear sua Voz  que hoje é mais bela do que foi um dia, quero dizer que ele continua vivo, fazendo o que fazia, de uma forma ainda melhor. Queria muito que a história e a música desse cantor fossem resgatadas do esquecimento, afinal ele continua nos brindando, mesmo do lado de lá, com sua voz maravilhosa. Ele está no lugar ao qual pertence, um lugar onde a música é sinônimo de beleza e elevação, onde cada ser é conhecido e reconhecido pelo que tem em seu seu coração.

video

        Lucy, Roseli, Rô, Léia, Aline e Gloria, muito obrigada amigas pelos comentários no post anterior, vocês não imaginam (a Rô sabe, rsrsrs) como esse carinho é importante pra que eu continue. Beijos queridas!!!
        Uma semana de sonhos, alegrias e realizações!!!!
       
      
        

domingo, 6 de maio de 2012

Rosane Fantin X Nora Roberts

          Depois de mais de 1 mês sem postar nada (por pura falta de tempo), escolhi para o post de hoje um dos temas que mais amo: LIVROS!!! Assim como me deleitar escutando música e escrever sobre o que gosto, também amo ler! 
         Ultimamente tenho lido pouco por prazer (também por pura falta de tempo), mas nesses breves instantes nos quais me permito sonhar e viajar nas páginas de um livro, realmente me transporto para aquele tempo e aquele lugar. Escritores de todas as épocas tem conseguido nos transportar além da imaginação e criar mundos realmente fantásticos, onde o improvável e o maravilhoso são uma constante.
        O cinema tem transformado livros maravilhosos em imagens e movimento, mas a meu ver sempre deixa algo a desejar, nem poderia ser de outra forma, afinal a Sétima Arte precisa transpor para a tela 200, 300 páginas em apenas 2 horas de filme.
       Algo que me entristece profundamente é ver uma Livraria sendo fechada, e aqui no Brasil infelizmente isso acontece muito, ainda lembro quando a "Livro 7", aqui no Recife, fechou suas portas, deu uma dor, eu ficava me perguntando como era possível que uma livraria daquele porte falisse, como era possível que não houvesse clientes suficientes? Outro fato triste de que me lembro bem foi o encerramento de "O Círculo do Livro", minha mãe costumava pedir livros nessa editora, que entregava pelos correios, eram lindos, de capa dura, corte dourado, uma pena...
       Mas existem verdadeiros heróis e heroínas que, apesar de todas as dificuldades do mercado literário brasileiro e a completa falta de incentivo por parte do Governo, acreditam no seu sonho e conseguem publicar seus livros, de forma independente, arcando com todos os custos (afinal só existe um Paulo Coelho). Vejo que o que diferencia os grandes autores internacionais dos nacionais são as facilidades em publicar, a divulgação, os preços acessíveis e a própria cultura do povo que desde a infância é incentivado à leitura, infelizmente nenhum desses aspectos é caraterístico do Brasil. Escritoras como Nora Roberts e J. R. Ward já venderam milhões de exemplares, seus livros são realmente muito bons, sou fã de carteirinha, mas será que se elas fossem brasileiras teriam conseguido todo esse séquito de fãs?
       Aí está a grande diferença entre as já citadas escritoras e a nossa querida Rosane Fantin, ser brasileira. Seus livros "Um Amor no Deserto", "Erik", "Na Rede do Pescador" e o mais recente "O Corsário Apaixonado", são excelentes, são romances que emocionam, envolvem e nos fazem sofrer, sorrir e amar com os personagens, a Rosane escreve de forma sutil e criativa, trazendo parte da História para as páginas, como no caso de "Erik" que se passa em 1872 e "O Corsário Apaixonado" em fins do século XVI, é impossível não se apaixonar por esses livros, e não digo isso por tê-la como amiga, muito querida por sinal, mas por toda a emoção e dignidade que ela coloca em seus romances. Um exemplo desse fato está no livro "Erik", que eu amoooo. No livro, Rosane transforma e recria o personagem, ele recebe a dignidade que merece, o carinho e o reconhecimento que lhe foram negados no filme, costumo dizer que sempre que assisto "The Phantom Of The Opera" recorro ao livro da Rô para deixar de sentir a tristeza e, a meu ver, a injustiça, que o filme trazem, apesar de simplesmente ser apaixonada pelo filme.
       Esses são os quatro livros da Rosane, estão aí ao lado com a sinopse e os respectivos links para compra.

Booktrailer de "O Corsário Apaixonado"
         Em seu blog (http://romancesaovento.blogspot.com.br/), ela sempre nos brinda com um novo romance, sempre lindo, postado em capítulos, mas é uma agonia ter que esperar pela próxima semana pra saber a continução, rsrsrs. Bom mesmo (pra não dizer o contrário!) é quando ela passa 10, 15 dias sem postar, deve ser jogo de marketing (brincadeirinha amiga!!), sei bem o quanto a vida, às vezes, é complicada.

        Uma pessoa gentil, generosa e amiga, assim é Rosane Fantin, que tive o prazer de conhecer por meio das redes sociais, mais especificamente por causa de um ídolo em comum. Sou tua fã querida e te desejo sucesso, felicidade, paz e a realização de tuas metas de vida! 
        Sandra, Ana, Gloria, Cesar e as maratonistas Léia, Lucy e Rosane, muiiiito obrigada pelos comentários no post passado, li, reli e amei cada um!!!!
        Beijos e uma semana  recheada de conhecimentos!