Sonho com tantas coisas simples e diversas vezes já me refugiei da realidade nesses "lugares" criados pela vontade e pela imaginação. É lá que apenas o Bom e o Belo existem e a miséria, o desrespeito, a ignorância, o preconceito e a maldade deixam de ter vez.
Levo também pra esse mundo as músicas, porque acredito que elas são uma forma de ligação com O Mundo Superior, seja ele como quer que você o imagine. Ah, as músicas das quais falo são as que tocam a alma, as que já existiam antes que alguém as "percebesse" e as tocasse; você reconhece essas músicas? elas te falam ao espírito e ao coração? se sim, então somos iguais; se não, bem, o mundo é feito de diferenças!!

domingo, 5 de junho de 2011

Cinema e Música: Combinação Perfeita.

        Não sou especialista em nada do que gosto, então quando vejo um comentário dos críticos sobre um filme que ainda não assisti fico imaginando se dessa vez a minha opinião vai coincidir com a deles; geralmente isso não acontece..., mas tudo bem, pra mim o importante ao assistir um filme é rir, chorar, me emocionar de alguma forma. Um dos exemplos desse tipo de divergência de opiniões é o Musical "The Phantom of the Opera", de 2005, um dos melhores musicais que já vi, mas lembro que na época a informação era de que havia sido um fracasso de bilheteria. 
       O filme teve 3 indicações ao Oscar e não levou nenhuma estatueta, normal, muitos filmes maravilhosos não conseguem esse prêmio e nem por isso deixam de se tornar o filme preferido de alguém, seja por sua fotografia, trilha sonora, atores, enredo, todos esses pontos que fazem a magia que nos transporta no tempo e no espaço.
      Como se não bastasse o fato de ter conquistado milhares de pessoas, The Phantom tirou uma grande amiga da depressão, vamos e convenhamos, não são muitos os filmes que conseguem esse "milagre".



video

        O Maestro Andrew Lloyd Webber é realmente um gênio, suas composições são pura sensibilidade e inspiração e a refilmagem de The Phantom trouxe de volta aquela sensação de nostalgia e amor não correspondido que os filmes antigos mostravam tão bem, e claro, a escolha de Gerry para o papel de Erik foi perfeita, não consigo imaginar outro ator para esse papel.


       Falando em Erik, existe uma continuação escrita por uma amiga muito querida, Rosane Fantin, do romancesaovento.blogspot.com, o romance escrito por ela é maravilhoso e com um Erik mais apaixonante, ela lhe deu a dignidade que ele merecia. Ainda bem que a ficção nos dá a possibilidade de tornar a vida mais bela e justa, assim como num sonho. Acredito que seja essa semelhança com os sonhos que faz do cinema esse portal mágico que nos encanta.

8 comentários:

  1. Ótimo início, Nadja! Não poderia ser melhor. Falar nesta trilha sonora deste filme que marcou as nossas vidas foi demais. É uma pena que o vídeo do You Tube não pode ser visto. Parece que há uma questão de direitos autorais. Deve existir algum que não esteja bloqueado para termos o prazer de ouvir essa música maravilhosa aqui no teu blog.
    Também queria agradecer pela propaganda do ERIK. Tu és um doce de pessoa, Nadja!
    Mil beijos, querida! E mais uma vez, meus parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô!
    Não podia escolher outro filme ou música pra iniciar as postagens, amo esse filme. O vídeo não está abrindo? No meu laptop está, só o coloquei depois que testei, é estranho, se não estiver aparecendo não tem graça. Vou procurar outro pra substituir.
    Quanto à propaganda do teu livro não tem o que agradecer, vou colocar as fotos dos dois aqui e quem entrar e ainda não conhecer vai ficar sabendo da existencia deles.
    Beijossss!!!!

    ResponderExcluir
  3. Nadja, o vídeo que você postou abriu no computador. É deslumbrante!!! Fiquei até com vontade de ver e ouvir, novamente, aquele lindo fantasma. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Amiga, realmente o Fantasma da Ópera é o máximo, sem comparação!As músicas possuem letras diferentes, fortes, que mexem com a gente. E as melodias são apaixonantes.
    Nesse filme o Gerry me conquistou. Ele interpretou o Erik de maneira magnífica, foi plenamente perfeito!!! O filme é lindo e tudo foi bem executado. Achei uma injustiça não levar o Oscar, como tb achei um absurdo o Gerry não levar o Oscar em 300 - Esses são dois filmes em que a atuação dele é maravilhosamente divina!
    E os livros do Rosane são muito muito muito lindos, ela conduz os leitores a lugares espetaculares, de forma leve, romântica e divertida. É uma delícia de ler!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lucy!!
    Que bom te ver por aqui querida!
    Também acho uma injustiça o Gerry não ter ganho um Oscar, mas sabemos o quanto ele é um ator maravilhoso, independente de estatueta.
    Beijoss!!!

    ResponderExcluir
  6. Ohhh Ana, que coisa boa, sinal de que você realmente adorou o filme e eu fico tão feliz com isso amiga!
    Beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  7. Ora, Ora como vc mesma citou muitos filmes sensacionais ficaram fora e nem por isso perderam sua majestade pelo contrário o tempo passa e cada vez mais se torna inesquecivéis a nossa memória. Ainda bem que temos uma escritora fantástica que dá continuidade a essas tramas "esqueçidas" né Rosane... kkk.

    Lindo o video ñ me canso de ver e elogiar!

    * * *Beijiskiss* * *

    ResponderExcluir
  8. Realmente Léia, ainda bem que temos essa escritora fantástica, e ainda por cima nossa amiga! A Rô conseguiu criar uma continuação perfeita para o Erik e, como disse no post, com a dignidade que ele merecia.

    ResponderExcluir

GOSTOU DO QUE LEU? ENTÃO COMENTE.