Sonho com tantas coisas simples e diversas vezes já me refugiei da realidade nesses "lugares" criados pela vontade e pela imaginação. É lá que apenas o Bom e o Belo existem e a miséria, o desrespeito, a ignorância, o preconceito e a maldade deixam de ter vez.
Levo também pra esse mundo as músicas, porque acredito que elas são uma forma de ligação com O Mundo Superior, seja ele como quer que você o imagine. Ah, as músicas das quais falo são as que tocam a alma, as que já existiam antes que alguém as "percebesse" e as tocasse; você reconhece essas músicas? elas te falam ao espírito e ao coração? se sim, então somos iguais; se não, bem, o mundo é feito de diferenças!!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Freddie Mercury - Uma Homenagem

           No dia 5 de setembro de 1946 nascia Farrokh Bulsara, que todos conhecemos como Freddie Mercury (que eu adoro!), hoje esse ídolo mundial estaria completando 65 anos! Freddie nos deixou um legado musical magnífico, a banda Queen, da qual ele era líder e vocalista, fez trabalhos que nos emocionam e encantam até hoje.
           Tendo integrado a banda Smile como vocalista em 1970, o até então apenas Freddie, resolveu mudar o nome da banda para Queen e complementar o seu próprio nome, aí nascia Freddie Mercury, há duas lendas que possivelmente explicam a escolha do Mercury (Mercurio): uma por ser o deus dos mensageiros e outra por ser o planeta do seu signo ascendente. Também em 1970, Freddie conheceu Mary Austin, eles viveram juntos por 5 anos. Foi com ela que assumiu sua orientação sexual, os dois, mesmo separados, mantiveram um forte laço de amizade até o fim de sua vida. Mary foi a inspiração para a música "Love Of My Life", de acordo com declaração do cantor e de seus companheiros de Banda, sendo Mary, acima de tudo, o seu verdadeiro amor.
          O Queen já vendeu mais de 300 milhões de cópias no mundo inteiro. Foi uma das mais populares bandas britânicas entre os anos 1970 e 1980, alguns dizem ter sido a precursora do rock como o conhecemos hoje, com magníficas produções dos seus concertos e videoclipes das suas canções. Mesmo nunca tendo sido levada a sério pelos críticos da sua época, que consideravam a sua música "comercial" (a crítica de hoje, com a qual eu concordo, os considera como uma das melhores bandas de rock de todos os tempos), a banda tornou-se uma das mais famosas entre o público, concretizando-se de forma sublime no trabalho  A Night at the Opera (1975), “o disco branco do Queen”, um dos melhores álbuns de rock de todos os tempos, no qual ópera, hard rock, heavy metal, progressivo convivem de forma perfeita, somando-se ainda a mistura única entre as complexas e elaboradas apresentações ao vivo e o dinamismo, voz e carisma da sua estrela maior, Freddie Mercury.

          As músicas compostas pelo grupo (a maioria foi composta por Freddie) são daquelas que transcendem o tempo, tocam a alma, elas se tornaram hinos universais, canções como "Love of My Life", "We Are The Champions", "Who Wants To Live Forever", "Save Me", "Somebody To Love", "A Kind Of Magic", "Radio Gaga", ahhhh, são todas excepcionais, não tem como dizer que aquela é melhor que essa, que uma marcou mais do que a outra, as canções do Queen marcam momentos, cada uma traz consigo uma lembrança, elas têm o condão de nos transportar pra outro tempo (como em "Who Wants to Live Forever") ou para outro lugar.


        No palco, assim como nas composições, ele era a estrela, suas exibições ao vivo eram lendárias, ele tornou-se a imagem da banda. A facilidade com que Freddie dominava as multidões e os seus improvisos vocais  envolvendo o público no show tornaram as suas turnês um enorme sucesso na década de 70 e principalmente nos anos 80, eles lotavam todos os espetáculos apresentados em qualquer lugar do mundo.
          O maior sonho musical de Freddie era cantar com Montserrat Caballet, ele realizou esse sonho em 8 de outubro de 1988, no Festival La Nit, em Barcelona. O Queen nunca se separou, embora tenham surgido boatos nesse sentido, principalmente quando ele cantou com a Diva, foi a realização de um sonho, o grupo continuou unido e foi assim até sua morte em 24 de novembro de 1991. O vídeo abaixo é a realização de seu sonho e mais um dos maravilhosos presentes que ele nos deixou.


         Em uma declaração um pouco antes de morrer, Freddie dá a melhor definição de si mesmo: "Você é a ultima pessoa com quem falo.... provavelmente vai ter a melhor entrevista, meu caro. Não quero mudar o mundo. O que mais me importa é a felicidade. Quando estou feliz, meu trabalho reflete. No final, os erros e as desculpas são minhas. Gosto de sentir que estou sendo honesto. No que me compete, quero aproveitar a vida, a alegria, a diversão, o máximo que puder nos anos que ainda me restam. Pronto, já gravou? Agora, use. Foi o mais perto que cheguei a me emocionar em uma entrevista."
         Esse foi Freddie Mercury, o homem que queria ser uma lenda e conseguiu pois cada vez que uma de suas músicas é ouvida, um de seus vídeos é assistido e a emoção domina é porque a lenda está viva, é porque aquilo que ele se propôs a fazer ele fez com todo o coração e perfeição. Ele agora deve estar compondo canções ainda mais belas nas dimensões que, gosto de acreditar, habita junto com outros gênios da música. "Os bons morrem jovens...".
        "E aquela música que eu ainda queria ouvir?" Muitas saudades Freddie Mercury!

8 comentários:

  1. Ai, Nadja, que maravilha vc ter feito este post em homenagem ao inesquecível Freddie Mercury!
    Tenho muita admiração por ele, por esse gênio da música que transpirava melodia e harmonia por todos os poros.
    Como um legítimo virginiano, ele buscava a perfeição em casa nota, em cada interpretação, em todos os detalhes do show. E essa perfeição que lhe era tão nata o fez um cantor ímpar, insubstituível.
    É claro que o show continua, mas não há dúvida alguma de que ninguém alcançará o legado deste grande astro. Seu carisma, sua voz, sua simpatia, sua sagacidade, sua sabedoria, tudo isso o fez uma pessoa que se destacava no mundo, até mesmo no mundo da música.
    As músicas da banda são absolutamente magníficas! Sabe, quando eu cursava o colegial, eu tinha um grande amigo que era hiper fã do Queen, tanto que o apelido dele era Queen! E ele tinha todos os discos, então ele me emprestava e eu me deliciava ouvindo-os.

    Contudo, mas do que ouvir, ver os seus shows é o ápice do melhor que pode haver: quanta flexibilidade de corpo e de voz, movimentos perfeitos e inteiros, momentos indescritíveis que nos transportavam para um mundo mágico, o mundo que o Freddie nos conduzia brilhantemente.
    O Google hoje tb fez uma homenagem a esse grande homem: clicando na vinheta, ouvia-se o som de várias de suas músicas. Achei muito legal essa lembrança!

    Nadja, seus posts sempre são ótimos, mas este é espetacular! Fiquei muito feliz em ver essa homenagem tão linda que fez, com toda a sua sensibilidade tão tocante e cativante.
    Freddie merece! E concordo contigo: agora, onde ele estiver, certamente continua cantando e encantando!
    Resta-nos a imensa saudade!

    Parabéns pela post, amiga! Estou em lágrimas...♥

    ResponderExcluir
  2. Nadja minha doce amiga,que linda homenagem ao Freddie,eu adorooooooo esse guri,sinto uma saudade imensa sempre que ouço a voz dele(isso é todo dia)achei e acho a partida dele injusta,mas quem sou eu para contradizer Deus,a doença sorrateira nos levou grandes nomes,mas ele,para mim foi uma perda irreparável,nunca fui tiete,nem macaca de auditório,só que quando escutava Queen e ouvia a voz incomparável do Freddy,meu coração disparava.Não sei qual o motivo mas a falta dele dói,meu coração ainda dispara ao ouvi-lo,ele não era só um cantor,um compositor,um musicista,ele também pintava,escrevia poesias e fazia tudo com amor e garra.Tinha sede de viver,amava tudo que fazia,amava ópera,amava amar e ser amado.Eu amo FREDDIE,hoje uma estrela brilha mais intensamente na vastidão do céu.Obrigada por esse post maravilhoso,só podia ser feito por um coração sensivel e doce como o seu.Beijo grande!<3

    ResponderExcluir
  3. Ohhh, fiquei tão emocionada e feliz com as palavras de vocês, Lucy e Roseli amigas tão queridas!!! Desde o início do blog era essa minha intenção, compartilhar, mesmo que à distância, essa sintonia de emoções.
    O Freddie Mercury era mesmo completo, a voz maravilhosa, o carisma que encantava e contagiava o público, ele foi um fenômeno, no mais completo sentido da palavra. Esqueci de colocar no post mas foi ele que colocou a ópera no rock!!!! Só um gênio teria a capacidade de imaginar essa ligação entre esses dois estilos.
    Acredito realmente que hoje ele canta em outro lugar e com certeza suas novas composições são ainda mais tocantes!
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  4. Nadja, mais uma vez me fizeste chorar. Não de tristeza, mas de emoçao. O Freddy Mercury era inigualável.Ouvindo Who Wants To Live Forever me arrepiei toda. Lembra que essa música foi o tema de um grande filme? Highlander... Lembra? Isso me fez lembrar de outro escoces e de um certo navio...rsrsrs Era um filme com o Cristopher Lambert. Foi o segundo melhor filme que ele fez depois de Tarzan. Depois, infelizmente, ele nunca fez mais nada bom.Mas essa é outra história...
    Parabéns ao Freddy Mercury e sua trajetória fantástica!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Que mix de sensações, dia triste pela morte desse icone e anestesiada pela sua trajetória encantadora nesse mundo. O planeta ficou sem ele, mas segue com seu repertório mais vivo do que nunca. Sorte dos anjos que tem essa figuraça que jamais será esqueçido.

    Linda homenagem Nadja!

    * * *Beijão* * *

    ResponderExcluir

  6. Saudades do grande Freddie Mercury, eu era muito jovem quando ele morreu, mas aprendi, eu e minha namorada (atual esposa) (juntamente com meu pai e mãe e irmãos) a ser seu fã número um….não tem, não existe nenhum ídolo e cantor jovem atual (que tenha uma sombra do talento,da voz e da presença de palco do Freddie!) e que possa substituí-lo!!
    NÂO EXISTE!!!
    NÃO TEM!!
    SE TIVER, SEREI FÃ NÚMERO UM DESSE OUTRA CARA, MAS NÃO EXISTE ESSE OUTRO ARTISTA!!
    E NUNCA HAVERÁ (NÃO NO NÍVEL DO FREDDIE!).
    Eu amo o Freddie Mercury, o maior vocalista e o mais carismático líder de qualquer banda de rock que existe!
    E não impta sua orientação sexual!
    Isso não faz diferença!!
    NUNCA FEZ!!!
    E NUNCA FARÁ!!!
    Gosto muito de outras bandas, Rolling Stones, Led Zeppeling, Black Sabbath, Deep purple, Pink Floid, Guns Roses e outros mais atuais, até curto e gosto, tenho discos deles…..mas não há grupo como o Queen, vocalista como o Freddie Mercury e sucessos inigualáveis da banda Queen (mesmo que sejam do tipo hard rock, romantic music, pop music, glam rock…não importa!!!!!!, se da década de 70 ou 80…!!!).
    São músicas eternas que ficarão em nossos corações para todo o sempre!
    Amo o Freddie Mercury de todo o meu coração, sei que ele ele está com Deus, acima de nós!
    Suas músicas são eternas!
    Sua voz, não há igual!!
    Seu carisma, inigualável!!
    Sua presença de palco, única!!
    Saudades……Freddie!!
    Te amamos, (eu e mais milhões de pessoas)!!
    Erik


    ResponderExcluir
  7. Nossaaaaaaa ki lindoooooooo ne o amor...o amor que temos no Fred e uma coisa assim inexplicavelmente e cada dia aumenta mais lindas palavras fez como ele falo com o coração mesmo linda dedicatória...

    ResponderExcluir
  8. Nossaaaaaaa ki lindoooooooo ne o amor...o amor que temos no Fred e uma coisa assim inexplicavelmente e cada dia aumenta mais lindas palavras fez como ele falo com o coração mesmo linda dedicatória...

    ResponderExcluir

GOSTOU DO QUE LEU? ENTÃO COMENTE.