Sonho com tantas coisas simples e diversas vezes já me refugiei da realidade nesses "lugares" criados pela vontade e pela imaginação. É lá que apenas o Bom e o Belo existem e a miséria, o desrespeito, a ignorância, o preconceito e a maldade deixam de ter vez.
Levo também pra esse mundo as músicas, porque acredito que elas são uma forma de ligação com O Mundo Superior, seja ele como quer que você o imagine. Ah, as músicas das quais falo são as que tocam a alma, as que já existiam antes que alguém as "percebesse" e as tocasse; você reconhece essas músicas? elas te falam ao espírito e ao coração? se sim, então somos iguais; se não, bem, o mundo é feito de diferenças!!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Sonhos, Inspirações e Dons!

           Às vezes sinto como se eu estivesse completamente vazia de ideias, de pensamentos e de objetivos, parece que nesses momentos apenas a música preenche e fala a minha alma, afinal elas se conhecem há muito tempo....
           Ontem eu estava relembrando canções que em algum momento passaram a existir no mundo físico,  é como se elas estivessem pairando na atmosfera e de repente alguém mais "sensível" as tivesse percebido, elas são tão especiais, que parecem ter uma linguagem própria, uma linguagem sutil, além dessa feita por adjetivos, substantivos e predicados, é algo mais puro, é a essência que apenas o espírito compreende e reconhece. Não digo que todas as músicas, só porque são belas, entram nesse contexto, mas sinto que alguns compositores, de todas as gerações, em algum momento de suas vidas foram presenteados com o que podemos chamar de músicas eternas, aquelas que preenchem um vazio no peito e nos levam a fechar os olhos e vislumbrar esferas melhores.
Imagem captada pelo Hubble, não parece uma nota musical?

          A primeira vez que ouvi a história da composição do "Messiah" de Händel percebi que eu não era louca por ter esse tipo de pensamento, a inspiração que lhe foi dada fez dele um missionário que trouxe à Terra uma composição sagrada, vinda de um lugar onde a bondade, a paz e a beleza são uma constante, quem o visse naquele ano de 1741 perceberia em seu olhar uma expressão distante, ao fim de 21 dias, trancado em sua sala de música, o trabalho estava terminado, era pura exaltação e beleza, seu médico ao ouvir uma passagem na Harpa disse: "Meu amigo, eu nunca ouvi nada como isto, penso que tens o demônio dentro de ti!", Handel, que ainda não podia compreender o que havia acontecido retrucou: "Eu antes diria que tinha Deus junto de mim". Seu biógrafo transcreveu essa frase dita por Handel antes de primeira apresentação do Oratório: "Este trabalho é obra  de alguém fora de mim mesmo e eu nunca poderei aceitar nenhum níquel advindo dele, quanto vier a render esse produto deverá ser revertido em favor de enfermos, pois que eu estava doente e me curei, era prisioneiro e me libertei", ele poderia ter sido considerado louco, não fosse o resultado surpreendente de sua obra. O que mais pode ser isso além de um presente à humanidade, uma  demonstração de quão bela é a arte e como importante é ela em nossas vidas?
video

          Creio que as esferas superiores vez ou outra, enviam um escolhido que com seu Dom produz obras maravilhosas e assim conseguem nos aproximar um pouco daquilo que somos realmente, mas que em decorrência de nossa vida corrida e dos problemas, acabamos por esquecer. Dizem os nossos cientistas que somos pó de estrela, acredito completamente nessa afirmação, até mais do que eles mesmos, creio nela além de seu sentido material, acredito que somos partícula divina e por esse motivo reconhecemos as dádivas que nos são enviadas, seja em forma de música, de literatura, de descobertas científicas ou de um missionário (independente de sua religião) que vem e nos diz que tudo é Amor. 
         Quantas pessoas ao redor do mundo já "sonharam" com uma canção que nunca antes escutaram, mas em virtude de não terem conhecimentos musicais simplesmente deixam a canção se perder? quantos compositores disseram ter recebido uma obra pronta, como Beethoven, que aos 28 anos de idade perdeu gradativamente a audição, sentido indispensável ao seu trabalho, coincidindo com essa perda a sua melhor produção musical, ele dizia se sentir numa onda de Harmonia, proveniente do foco de inspiração, a qual procurava acompanhar e dela se apoderar, e daí surgia uma sinfonia, dizia assim estar mais próximo de Deus e dos Anjos: "A música é o único acesso espiritual nas esferas superiores da inteligência", dizia ele.
         Quantos cientistas tiveram um visão real da verdade, a exemplo de Einstein, que disse ter vislumbrado (com seus olhos espirituais) com impressionante precisão a imagem perfeita do universo, com sua estrutura no Tempo e no Espaço, tendo readquirido nesse momento a certeza de que andava no caminho certo. O que dizer de Akiane, que começou a pintar aos 6 anos de idade e diz que sua arte é inspirada nas visões do Céu e na sua ligação com o Criador? De onde vem esse talento que diferencia as pessoas?
"Príncipe da Paz", de Akiane, pintado aos 8 anos de idade.

         Como disse Sheakeaspeare (outro missionário!) "Há mais coisas entre o céu e a Terra do que supõe nossa vã filosofia", fico me perguntando se ele tinha realmente noção da grandeza dessa afirmação, da gama imensa de questionamentos que ela representa, e então observando todos os "presentes" e visões oferecidos pelo Criador percebo que as dúvidas e vazios perdem o sentido, esses são apenas momentos em que a alma se esquece de sua origem divina e se perde no turbilhão que nos afasta da Essência. Somos essência divina e nossas vidas são um presente e aquilo que nos tornamos, com ou sem Dons, depende de como a percebemos.
         Lucy, Roseli, Cassinha, Rô e Léia, amei os comentários e já anotei as sugestões da Lucy e da Roseli, são filmes que também amo. Beijos amigas queridas!! 

         

5 comentários:

  1. A doutrina espírita foi a única que conseguiu dissipar minhas indagações e dúvidas á respeito dos dons desses nossos gênios,não só da música,como também pintura,poesia,literatura,arquitetura.Eu amo música,mas música que fala e penetra na nossa alma nos fazendo viajar por lugares nunca ido,sentir e até porque não dizer chegar a desfrutar do aroma e sensação da presença de pessoas que por uns segundos passam a habitar nosso espaço e tempo.Quando eu ouço Choppin me transporto meu coração acelera,uma mistura de tristeza e alegria me dominam,realmente minha amiga, Existem mais Mistérios dos quais nós ainda não estamos preparados para entender,ou quem sabe já estamos no caminho?Pessoas como você,Sensitivas possuem o dom de enxergar além das aparências,escutar além da melodia,sentir além dos sentimentos,somos feitos da mesma essência,do mesmo pó,criados para evoluir e servir de exemplo,não estamos aqui nesse planeta por acaso,todos nós temos uma missão só nos basta saber cumprir.Seu post é uma inspiração e nos fez pensar como perdemos tempo com tantas futilidades em vêz por uns instantes nos deixarmos enlevar pela Música que alimenta a alma,ler uma poesia,apreciar um quadro de Monet e nos sentirmos abençoados por Deus.Beijo grande minha doce ,linda e sensível amiga

    ResponderExcluir
  2. Parece que esse post foi feito especialmente para eu ler depois de terminar de escrever o romance do Elyk e da Ariel. O mundo não pode ser apenas aquilo que é visível. É muito mais. Podemos ver isso a cada minuto, se observarmos bem. A tua sensibilidade me emociona, Nadja. Muito obrigada por esse momento de reflexão, pela música belíssima e pelas imagens impressionantes, da pintura da menina Akiane e da galáxia captada pelo Huble. Lindas!
    Um beijo e todo o meu carinho, querida!

    ResponderExcluir
  3. Teu post foi absolutamente fascinante, amei demais, Nadja!
    Não há, apenas,uma corrente gerryana que nos une, há uma conexão de pensamentos, de entendimentos.
    A música é essa sutil matéria que invade o meu espírito em todos os estados, mesmo naqueles em que me sinto vazia e solitária. A música me preenche por completo, se eu fosse um balão, a música seria o ar que o inflama. Sem a música, a vida seria incompatível para mim.
    Há, de fato, vários relatos na história de que o Divino nos presenteou com grandes obras, através dessa manifestação do lado espiritual com algum humano apto a captar tal tesouro.
    E, infelizmente, muitos que receberam dons preciosos do Altíssimo foram chamados de ‘loucos’, pois o que a humanidade não consegue racionalizar, prefere ridicularizar. Quantas histórias há de pessoas que eram largadas em hospícios porque pintavam de forma contrária à habitual, ou tinham uma sensibilidade extremada, ou manifestavam talentos cuja origem não se podia explicar, ou mesmo sonhos tidos como inadmissíveis de serem concretizados. O ser humano tem o estranho defeito de segregar tudo aquilo que não convém a um grupo que possui o poder de decisão. É que tudo o que sobressai, o que é novo, pode causar estranheza e, em vez de se estudar o fenômeno, alguns preferem ignorá-lo ou zombá-lo.
    Certamente, essas pessoas que vc citou em teu post devem realmente terem sido muitíssimo iluminadas, pois foram agraciadas com tão belos talentos.
    E quantos iluminados há por aí, cheios da chama divina, perdidos e esquecidos neste vasto mundo... Acho que essa ligação cósmica entre o astral e o nosso mundo serve, também, para auxiliar o aprendiz em sua jornada, a não se sentir tão solitário, a ter forças para seguir adiante, porque aquele que recebe esse sopro de luz dos Espíritos amigos, mesmo sentindo a solidão, o desprezo, a dor do corpo, sentem-se fortalecidos. Parece estranho isso, mas já houve caso de se achar, na mendicância, pessoas que tinham nobres talentos musicais e que se diziam que não eram tão tristes como todos pensavam, por não possuírem bens materiais. Acho que, sim, essa luz interior vinha trazer-lhes mais do que talento, trazia-lhes lampejos de conhecimentos cuja totalidade só obteremos quando alçarmos os degraus mais elevados do astral (continua abaixo).

    ResponderExcluir
  4. (continuando) Linda a imagem trazida pelo Hubble, achei espetacular! Sabe, quando era jovem, duas coisas me faziam sonhar: a música e o universo. Em meus pensamentos, pensava em entrar para alguma banda, ser cantora, pois é o que fazia (e faço) o dia inteiro, mas logo essa ideia se ficou distante, pois meus pais nunca iriam permitir isso, achavam que tocar em bares era o mesmo que botecos, infelizmente os tempos eram outros e a mente das pessoas mais velhas eram limitadas. E, eu, na minha ingenuidade, jamais faria algo que pudesse magoá-los. Outro sonho era relativo à astronomia, mas quando levantei essa pauta, a resposta foi de que não me levaria a lugar algum. O fato é que sempre fui muito submissa aos desejos dos meus pais, então não soube lutar pelos meus. Acabei enveredando pelo Direito, o que me arrependo amplamente, haja vista que é completamente diferente do que imaginei. O mundo do Direito é repleto de leis inviáveis, injustas, além de ter virado um circo, um palco onde os ‘atores advogados’ encenam seus contos. Acho muito triste o mundo como está, as pessoas aceitando tudo isso. Sabe, há uma a exortação de Paulo que diz: “Sejamos Loucos por amor de Cristo” Acho lindíssima! As pessoas precisam acreditar nas ‘loucuras’ que trazem dentro de si e seguir adiante, mesmo que isso traga desgosto a outros. Temos que ser fiéis àquilo que a nossa mente propõe, pois é o espírito nos comunicando o que devemos fazer. Certamente, muitos grandes escritores, músicos etc. só são grandiosos hoje porque ousaram serem tido como loucos. Hoje, compreendo que é melhor ser feliz do que ter razão. A razão, que tantos enfatizam, nem sempre nos leva ao local seguro de que tanto falam.
    Enfim, minha querida amiga, já estou eu de novo divagando por aqui... hehehe... Mas teus posts me permitem isso, abrir o coração e expor os meus pensamentos.
    Eu já vi alguns vídeos da Akiane, essa menina é especial, uma doçura, um encanto!
    E é importante o que vc ressaltou ao final: somos essência divina, somos todos filhos do Criador e ele, como nosso amado Pai, quer o nosso bem. Nosso caminho, nem sempre, é reto, por vezes temos que subir ou descer ladeiras que nos trazem sofrimento, mas nessas horas de dor, desespero ou solidão, procuro pensar que há os meus amigos espirituais ao meu lado, que sofrem por me verem sofrer, que estão irradiando suas bênçãos para que eu me recupere logo. Isso me traz um conforto, porque acredito seriamente nisso.
    Amiga, teu post está muito lindo, um presente para mim! Vc realmente recebeu inspiração divina para escrevê-lo, o fez brilhantemente! Parabéns!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Muito profundo isso Nadja, me vi navegando nesse mundo inexplicável porém existente mais forte que nunca, é como uma nave que capta poderes e lança no ar para os sensíveis absorver e converter em letras, sons enfim é algo mágico demais para encontrar palavras adequadas. Mas somos iluminados de conheçer esse outro lado misterioso que só o céu e a terra tem.

    Super beijos, amiga!!

    ResponderExcluir

GOSTOU DO QUE LEU? ENTÃO COMENTE.