Sonho com tantas coisas simples e diversas vezes já me refugiei da realidade nesses "lugares" criados pela vontade e pela imaginação. É lá que apenas o Bom e o Belo existem e a miséria, o desrespeito, a ignorância, o preconceito e a maldade deixam de ter vez.
Levo também pra esse mundo as músicas, porque acredito que elas são uma forma de ligação com O Mundo Superior, seja ele como quer que você o imagine. Ah, as músicas das quais falo são as que tocam a alma, as que já existiam antes que alguém as "percebesse" e as tocasse; você reconhece essas músicas? elas te falam ao espírito e ao coração? se sim, então somos iguais; se não, bem, o mundo é feito de diferenças!!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Renato Russo, 16 anos de saudades.

       "É tão estranho, os bons morrem jovens...." Hoje faz 16 anos que perdemos o poeta Renato Russo, compositor dessa e de várias outras obras atemporais. Músicas que falam de perda, solidão, sofrimento e saudade, mas principalmente de amor.
        Renato foi um desses seres humanos que fizeram seu trabalho e deixaram nele a marca inconfundível de seu talento e genialidade. Uma marca reconhecível por qualquer um de seus fãs. Não é à toa que até hoje o trabalho da Legião Urbana continua tão divulgado e atual, aumentando a cada ano o nº de CD's vendidos. Os "legionários" da época da banda passaram às novas gerações essa admiração que se perpetua e é refletida em cada homenagem feita ao ídolo.


        O culto resistiu ao tempo, basta começar a cantar uma das músicas e de repente um coro acompanha, todos conhecem a letra e se emocionam, e mesmo estranhos por um momento se tornam ligados por elos feitos de nostalgia e admiração.
        11 de outubro de 1996, dutrante todo o dia as rádios tocaram "Via Láctea" (uma das mais belas e tristes composições do Renato), a melancolia e a dor que ele transportou para a música se refletiram naquele dia e nos corações de todos que, em algum momento, conheceram e acompanharam seu trabalho.
        Hoje, desde a madrugada, choveu aqui no Recife, achei tão apropriado o céu nublado e esse silêncio decorrente dos dias chuvosos, até parece que o tempo também está homenageando o Renato, trazendo a melancolia como ingrediente, exatamente como foi há 16 anos...


       Não podia deixar de, mais uma vez, fazer uma pequena homenagem a esse homem. Em março, quando ele teria completado 52 anos preparei outro post (aqui) , agora se fechou o ciclo!



       Rô amiga querida, minha escritora preferida, amei teu comentário no post passado, me emocionei!
       Beijos a todos e como "diz" o Renato: "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar pra pensar,na verdade não há..."
       

6 comentários:

  1. Já se vão 16 anos, mas me lembro bem desse dia... Nosso ídolo nos deixou com o coração partido!!! Só posso agradecer a oportunidade de sido contemporânea de Renato Russo e com ele, através de suas canções, ter sonhado com um mundo melhor...

    "Quem me dera, ao menos uma vez,
    Acreditar por um instante em tudo que existe
    E acreditar que o mundo é perfeito
    E que todas as pessoas são felizes."

    ResponderExcluir
  2. De tarde quero descansar, Chegar até a praia e ver, Se o vento ainda está forte, E vai ser bom subir nas pedras.(Vento no Litoral)...
    Cada um tem a sua preferida graças a Deus Renato nos deixou um vasto e rico repertório ao nosso dispor, fica até difícil apontar somente um. Eu imagino se ele ainda estivesse aqui, quantas outras obras teríamos o privilégio de prestigiar. As vezes penso que Deus os tira cedo, para que não seja o centro das atenções e com isso dá chance aos outros que vem. Nosso eterno Renato tenho invejinha dos anjos, mas daqui agradecemos por tudo que fez e nos deixou.

    ResponderExcluir
  3. O talento e a sensibilidade de Renato Russo nos marcou nas inúmeras canções/histórias deixadas por ele, bem como a sua voz inconfundível. Além das canções citadas, lembrei de duas que sempre me emocionam quando escuto. Uma é uma história feliz - Eduardo e Monica - com a qual me identifico muito. A outra uma tragédia, como tantas que vemos por esse Brasil afora - Faroeste Caboclo.
    Lindo post, Nadja! Sempre nos emocionando...
    Beijos, amada!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, amiga! Lindo post, belíssima homenagem a esse cantor que, bem como vc mencionou, deixou uma legião de fãs apaixonadíssimos ao partir para o astral.
    Eu já mencionei no teu outro post sobre que, diversamente da maioria, as músicas do grupo não me tocavam na época. É coisa de sonoridade, de ouvido, eu admirava mais outros cantores.
    Com o decorrer do tempo, após o passamento do Renato, é que eu fui tomando conhecimento de uma ou outra música da banda e reconheço a riqueza em suas letras. Veja esse trecho que vc destacou: “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar pra pensar, na verdade não há..." – dispensa qualquer explicação, por si só é uma lição para a vida de todos.
    Infelizmente, ele nos deixou cedo, como tantos outros talentos. Às vezes, chego mesmo a pensar que o mundo de lá está muito melhor do que de cá, tanta gente boa parte cedo enquanto tantos perversos continuam nos atormentando por aqui.
    Parabéns pelo post, linda homenagem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Υouг mоde оf telling the wholе
    thing in this post is genuinelу goοԁ, eveгу оne bе
    ablе to eаsіly undeгstаnd it,
    Thanks a lot.

    My homepage Http://Www.Clinic-Skin.Com/Nuke/Modules.Php?Name=Your_Account&Op=Userinfo&Username=Sophie7801

    ResponderExcluir
  6. Thanks, I've recently been looking for details with regard to electronic cigarette promotion for ages as well as yours is the better I've locatеd
    so far.

    Feel free to visit mу blog green smoke discount code

    ResponderExcluir

GOSTOU DO QUE LEU? ENTÃO COMENTE.